terça-feira, 28 de setembro de 2010

Beliscagens...

     Que coisa mais difícil é escolher um abacaxi maduro e docinho! Pois ontem foi a primeira vez que consegui essa proeza! No meio de tantos outros raquíticos e feiosos, um bem rechonchudo e suculento e muito docinho fez parte de uma parte da salada de ontem... do café da manhã de hoje e do lanchinho da tarde tbm. Falar em lanche da tarde, beliscar no meio da manhã, da noite, da madrugada, no meio da chuva, no dia de sol quente, no dia de brisa fresca... Qualquer momento desse era muito propício a mais um beliscão, mais comida entrando no meu organismo sem que fosse necessária. Confesso que o período da noite é o que eu mais sinto vontade de voltar à geladeira. Por ser a hora que estou mais em casa, mais calma e mais sem nada para fazer. Isso precisa mudar! Estou fazendo as refeições nas horas certinhas, sem intervalos muito grandes entre uma e outra, com lanches intercalando... Mas o tal do belisca-belisca ainda me persegue. Agora de noite fui e voltei váarias vezes da cozinha. Olhava tudo em volta, respirava fundo e voltava. Uma vez bebi água... Na outra também... Na outra peguei uma rodelinha de cenoura... Na outra mais duas... E na última, um pedaço de doce de leite. =( Fico meio desanimada por perceber que meu paladar ainda me trái um bocado. E que tem horas que ele fica implorando por uma coisa doce, ou por uma salgada, ou por uma bem cheia de massa ou molho ou fritura ou nada-disso-que-eu-quero-comer-mais! Bem, como meu dia foi bem light, concluí que não seria o fim do mundo comer esse doce. Mas é exatamente isso que quero começar a substituir. Na próxima, troco o doce por mais uma rodelinha de cenoura ou uma frutinha de leve. Pronto. 
     Outra coisa... Meu organismo retém bastante líquido. Por isso, quando começo a me exercitar, minha papada diminúi logo e algumas medias tbm. Só que eu tenho preferencia por coisas salgadas! Não gosto muito da idéia de passar o dia lanchando frutas, ou saladas (apesar de não ter frescura com elas e adorar todas e melhor ainda se forem misturadas!). Tudo isso tem o gostinho muito doce, suave de mais e em alguns casos, meio amarguinho. Deve ser mau hábito ainda, né? Sal faz mal. Sal faz mal. Vou tentar lembrar disso. 
    E quanto aos exercíiicios... hum... Essa eu vou ter q confessar. Não comecei ainda a pedalar nem a caminhar, mas sei que quando faço isso, os resultados aparecem mais rápido. Tô precisando mesmo. Minha circulação está péssima! Hoje na aula passei uns minutinhos de perna cruzada e a circulação já ficou ruim. Meu fôlego também não está lá grandes coisas. Meu prédio tem 6 lances de escada antes de chegar ao meu apt. Abro a porta ofegante e com o coração acelerado toda vez. Um terror! Bicicletinha... Me aguarde, meu bem! Aí vou eu! (Ohh corageemm!!!)


2 comentários:

Luciana Kotaka disse...

Oi Rafa, a noite é o grande problema de muitas pessoas, pois cai a taxa de seretonina no corpo. O exercício físico a partir das 16 acaba sendo uma excelente saída nesses casos. Vamos lá,ficarei na torcida. Bjs

Norma disse...

oi! temos a mesma altura, mas estou com 90 kg, lutando pra emagrecer.
Força pra nós.